SOBRE NORONHA

Blog-LuaBela_0009_003

Brasão

A origem do brasão da ilha vem de seu donatário na época das capitanias hereditárias. Fernão (ou Fernan) de Loronha que nasceu por volta de 1470 em Portugal, e era um dos nomes de maior destaque entre os mercadores que assinaram um “contrato de arrendamento” do Brasil com o Rei D. Manoel, determinando as condições para a exploração comercial na nova colônia portuguesa. Foi ele, como membro mais importante da sociedade lusitana da época, que financiou a expedição de Américo Vespúcio de 1503. Por isso, recebeu a ilha descoberta nessa viagem, tornando-se o 1º donatário em terras de Capitanias Hereditárias no Brasil. Mesmo nunca tendo vindo tomar posse de sua propriedade, o território continuou pertencendo aos seus descendentes.

Com o tempo e os diferentes registros do seu nome, em mapas e escritos, alterando a grafia de modo que Fernan de Loronha virou Fernando de Noronha.

Em 1506 Loronha foi proibido por Dom Manoel de usar na sua capitânia o brasão de sua família de descendência britânica. Contudo, em 1524 Dom João II o fez “fidalgo de cota d’armas” e deu-lhe um brasão especial, mais requintado do que o brasão inglês de família.

Fonte: www.noronha.pe.gov.br